• bootstrap carousel
1 2

 

- HOME -COLABORADORESHISTÓRIA DE IPERÓPERFIL DA CIDADEADMINISTRAÇÕESSÍMBOLOS MUNICIPAISASPECTO URBANOFAMÍLIAS IPEROENSES

BANDA SANTA CECÍLIAO JORNAL DE IPERÓEDUCAÇÃO EM IPERÓFUTEBOL EM IPERÓTEMPLOS RELIGIOSOSSANTO ANTONIOPADRE CALIXTOPERSONAGENS DE IPERÓFRAGMENTOSESTAÇÃO FERROVIÁRIAESTAÇÃO EM 1938ESTAÇÃO SAUDADEESTAÇÕES EM IPERÓRETIRADA DOS VAGÕESDEPÓSITO - OFICINARECUPERAÇÃO - DEPÓSITOO MORRO E A REGIÃOFLONA DE IPANEMAEXPEDIÇÕESBLOG - IPANEMAIPERÓ É O TEMARECUPERAÇÕESASSINE O LIVROLEIA O LIVRO

 

Banda Santa Cecília - década de 1950

(Arquivo José Roberto Moraga Ramos)

 

"Santa Cecília" - a lendária banda de Iperó

 

Durante a década de 1940, o "Jazz Ferroviário de Santo Antonio" fazia sucesso em suas apresentações por toda a região. A música esteve presente nos principais acontecimentos que marcaram Iperó, mesmo antes da emancipação. Existem registros fotográficos de uma banda, também na década de 1940, que provavelmente foi o embrião da "furiosa" que nasceria no início da década seguinte.

 

A “Corporação Musical Santa Cecília de Iperó” (mais conhecida como “Banda Santa Cecília”) foi fundada em 30 de dezembro de 1953. De acordo com o estatuto, datado de 1962, a organização tinha por objetivo criar escola de música, além de proporcionar “audições musicais e recreativas, executar serviços religiosos, quermesse, orquestra e outras atividades congêneres, visando sempre o interesse da Igreja Santo Antonio de Iperó”. 

 

Composta por ferroviários em sua maioria, a banda chegou a construir uma sede na rua São Bento (cuja casa existe ainda hoje) e esteve presente em praticamente todas as atividades culturais e festivas de Iperó, passando pelas alvoradas, desfiles, bailes e procissões (principalmente durante as festas de Santo Antonio).

 

No réveillon, a banda tocava sambas, boleros e diversos outros ritmos. À meia-noite o baile parava. Primeiro de janeiro. As máquinas da ferrovia apitavam incessantemente. Muitos rojões. As famílias se levantavam e iam ao centro para os cumprimentos. Em seguida, a banda executava o Hino Nacional e acontecia a troca da diretoria do Clube Sorocabana, apresentação da rainha e os discursos. Finalizadas as formalidades, o baile se transformava num grande carnaval.

 

E por falar em carnaval, a “Banda Santa Cecília” era a responsável pela animação de todos os bailes realizados no salão do Sorocabana para celebrar a festa popular.

 

Outra festa imperdível era o “Primeiro de Maio”, quando havia o torneio de futebol. Os times convidados iam até o Clube Sorocabana e de lá, devidamente uniformizados, desfilavam pelas ruas de Iperó até chegarem ao campo. Dentro do gramado os jogadores de todos os times acompanhavam a banda durante a execução do Hino Nacional antes dos jogos.

 

Iperoenses que viveram essa época lembram-se, saudosos, da banda. A "furiosa" como era conhecida. Era ela também que acompanhava a imensa procissão de Santo Antonio encerrando as festividades em louvor ao padroeiro. A banda encerrou as atividades e ficou inativa durante anos. Foi reativada no fim dos anos 1990, mas encerrou novamente as atividades pouco tempo depois.

 

Ficaram as lembranças e os registros das belas apresentações através das diversas imagens nesta página.

 

Jazz ferroviário de Santo Antonio

(Arquivo José Roberto Moraga Ramos)

 

Jazz ferroviário de Santo Antonio

(Arquivo José Roberto Moraga Ramos)

 

Banda Santa Cecília - década de 1940

 

Banda Santa Cecília - década de 1940

(Arquivo Tanaka)

 

Banda Santa Cecília - década de 1950

(Arquivo José Roberto Moraga Ramos)

 

Banda Santa Cecília - década de 1950

(Arquivo Luís Gustavo Lopes)

 

Diretoria e músicos da Banda Santa Cecília - 1962

(Arquivo José Roberto Moraga Ramos)

 

Banda Santa Cecília - década de 1960

(Arquivo Luís Gustavo Lopes)

 

Banda Santa Cecília - década de 1960

(Arquivo Júnior Penteado)

 

Integrantes da Banda Santa Cecília e as crianças Erci Zovaro, Célia Mioni e Eli Rosa

(Arquivo Quinho)

 

Construção da sede para a Banda Santa Cecília

(Arquivo Júnior Penteado)

 

Antonio Barbosa, integrante da Banda Santa Cecília - autor da música "Saudades de Iperó"

(Arquivo José Roberto Moraga Ramos)

 

Banda Santa Cecília - uniforme no padrão branco

(Arquivo Júnior Penteado)

 

Banda Santa Cecília - uniforme no padrão branco

(Arquivo Luís Gustavo Lopes)

 

Banda Santa Cecília - uniforme no padrão branco

(Arquivo Júnior Penteado)

 

Banda Santa Cecília acompanhando procissão - Rua Porfírio de Almeida

(Arquivo Júnior Penteado)

 

Banda Santa Cecília - década de 1970

(Arquivo José Homem de Góes)

 

Integrantes da Banda Santa Cecília se apresentando

(Arquivo Luís Gustavo Lopes)

 

Integrantes da Banda Santa Cecília se apresentando

(Arquivo Júnior Penteado)

 

 

Os dados disponíveis no site podem ser utilizados, desde que não sejam omitidos os créditos das imagens e dos textos.

- DESENVOLVIDO POR HUGO AUGUSTO RODRIGUES -

 

FALE CONOSCO