- HOME -COLABORADORESHISTÓRIA DE IPERÓPERFIL DA CIDADEADMINISTRAÇÕESSÍMBOLOS MUNICIPAISASPECTO URBANOFAMÍLIAS IPEROENSES

BANDA SANTA CECÍLIAO JORNAL DE IPERÓEDUCAÇÃO EM IPERÓFUTEBOL EM IPERÓTEMPLOS RELIGIOSOSSANTO ANTONIOPADRE CALIXTOPERSONAGENS DE IPERÓFRAGMENTOSESTAÇÃO FERROVIÁRIAESTAÇÃO EM 1938ESTAÇÃO SAUDADEESTAÇÕES EM IPERÓRETIRADA DOS VAGÕESDEPÓSITO - OFICINARECUPERAÇÃO - DEPÓSITOO MORRO E A REGIÃOFLONA DE IPANEMAEXPEDIÇÕESBLOG - IPANEMAIPERÓ É O TEMARECUPERAÇÕESASSINE O LIVROLEIA O LIVRO

 

Vista de Iperó a partir de Boituva

(José Roberto Moraga Ramos)

 

"CIDADE DE IPERÓ" - resgate e preservação da história do município

 

Relembrar os acontecimentos do passado de uma cidade. Isso ajuda a fortalecer o sentido de “pertencimento” dos moradores ao local. A memória é a presença do passado e a história dá vida à memória. Assim, em 2003 surgiu o site "hugao.pero" em alusão a dois apelidos meus: "Hugão" e "Peró". Mas a ideia inicial era apenas compartilhar informações pessoais.

 

A partir do ano seguinte, com pesquisas sobre Iperó, a estação ferroviária e a Floresta Nacional de Ipanema, foram acrescentadas as primeiras páginas relacionadas ao município. Aos poucos o site cresceu e chegou um momento em que não havia mais capacidade para novas atualizações.

 

O trabalho gerou frutos e estava na hora de encontrar um espaço maior. Então nasceu o "Cidade de Iperó", em 8 de abril de 2010, com o objetivo de fortalecer o resgate e a preservação da história local. Nesses cinco primeiros anos foram mais de 165 mil acessos de pessoas dos quatro cantos do mundo.

 

Há bastante trabalho a ser feito, mas não podíamos continuar vendo a história se perder. Muito material desapareceu ou foi destruído no decorrer dos anos. Grande parte dos antigos moradores já morreu. Por tudo isso, esse resgate conquista ainda mais importância: é não permitir o desaparecimento das nossas origens e nem o esquecimento dos fatos relevantes para a cidade.

 

Não existe sociedade sem história. E no caso de Iperó, são mais de 500 anos de registros históricos:

 

- Iperó dos nativos e integrada às trilhas da Peabiru (antes do século XVI)

- Iperó berço da siderurgia americana e do desenvolvimento do Brasil (século XVI)

- Iperó rota dos bandeirantes e dos tropeiros (séculos XVII e XVIII)

- Iperó da Real Fábrica de Ferro (século XIX)

- Iperó da ferrovia ligando São Paulo ao oeste e ao sul (séculos XIX e XX)

- Iperó da Floresta Nacional de Ipanema, Centro Experimental Aramar, Reator Multipropósito Brasileiro, indústrias, comércio e agricultura (século XXI)

 

O espírito do progresso sempre pairou por essas terras. E a nossa história se mistura à história da região de Sorocaba e do Brasil.

 

A você que visita o site fica o convite para que deixe uma mensagem no livro de visitas ou escreva as suas lembranças vividas em Iperó.

 

Um grande abraço,

 

Hugo Augusto Rodrigues

 

 

 

 

 

 

Hugo Augusto Rodrigues - jornalista

Graduado pela Universidade de Sorocaba

Pós-graduado pela Universidade Metodista de Piracicaba

 

 

 

 

 

free counter VISITANTES

 

FALE CONOSCO

 

- PÁGINAS ATUALIZADAS EM 10 DE JULHO DE 2015 -

Os dados disponíveis no site podem ser utilizados, desde que não sejam omitidos os créditos das imagens e dos textos.

- DESENVOLVIDO POR HUGO AUGUSTO RODRIGUES -